Seja bem vindo ao blog! Aqui você conhecerá minhas experiências sobre o processo da minha cura da Síndrome do Pânico. Faço um trabalho missionário. Gravei um cd: a cura dos medos onde conto meu testemunho, canto e faço oração para ajudar as pessoas que sofrem desta doença. Se tiver interesse entre em contato pelo e-mail: nicemorales@hotmail.com

Conheça também o meu blog: Bom para meu filho , vivo bem sem lactose.

Espero que goste!

ESTE BLOG AGORA ESTÁ NO FACEBOOk! Você pode acessar:


VENÇA O MEDO


quinta-feira, 29 de agosto de 2013

O dom de orar em línguas contra o medo!

Olá amigos e amigas do blog. Hoje quero testemunhar um dom que recebi dentro do grupo de oração. Chamamos de : oração em línguas. Quando eu tinha apenas 13 anos de idade, fui com minha mãe em um grupo de oração da Renovação Carismática Católica em São Paulo- Colégio Sion- do qual eles rezavam com muita música, muito louvor, pregando a palavra de Deus e também oravam de um forma estranha aos meus ouvidos mas dava muita paz quando ouvia.
De repente quando fui num destes encontros, estava lá o Padre Jonas Abib, o mesmo que fundou a Comunidade Canção Nova e também fiquei sabendo mais tarde que ele foi um dos sacerdotes que ajudou muito no crescimento da Renovação Carismática Católica indo em muitos grupos de orações no Brasil. Neste dia  em que eu estava no grupo ele pedia à todos o batismo no Espírito Santo e começou a orar em línguas e outras pessoas de sua equipe saíram de seus lugares e começaram a colocar a mão nas pessoas e estas recebiam a oração e algumas começaram a orar igual ao Padre Jonas também. Acontecia naquele dia um novo Pentecostes. Hoje eu entendo isto,como Maria recebeu com os apóstolos...



Mas na época eu não entendia nada. Imagina com 13 anos de idade, indo meio que forçada com minha mãe em grupo de oração porque nossa família estava passando por muitos problemas, então eu fui, mas ficava sempre de lado, de cara fechada ( fazia questão de mostrar para minha mãe que não estava gostando, coisa bem de adolescente) mas para minha surpresa neste dia, do nada ( nada pra mim, tudo pra Deus) de repente, no meio daquelas orações, comecei a orar em línguas também sem pedir, sem ninguém vir rezar comigo, porque eu estava num canto da sala, esperando acabar o grupo e quando me vi e me dei conta, eu não  controlava minha voz, comecei a rezar estes sons estranhos, com voz alta ! Era uma mistura de susto, com alegria e choro.
Recebi um novo batismo no Espírito! Hoje agradeço ao Espírito Santo por ter entrado em minha alma de novo e me reavivar sem eu ter pedido nada! rsrsrs
Normalmente pedimos ao Espírito Santo que venha até nós. Ele respeita nossa vontade. Acho que no fundo eu estava realmente com vontade de algo novo apesar de minhas atitudes e meus gestos serem naquele dia  de fechamento.
Foi uma benção! Benção que na verdade fui usar verdadeiramente só depois que voltei ao grupo de oração quando fiquei com a síndrome do pânico.



Depois deste dia, do qual saí correndo após rezar e chorar, e lembro que uma pessoa saiu atrás de mim e me deu um santinho de Nossa SENHORA DAS ROSAS e  me disse: Não se assuste querida, Maria te ajudará a compreender e a aceitar as coisas de Deus! E de fato, ela me ajudou muito mesmo. Continuei indo ao grupo de oração e passei a ficar mais atenta sobre o dom de línguas. Queria entender...


Santinho que ganhei quando recebi dom de linguas

Acho que fiquei um ano indo ao grupo de oração, orando em línguas e depois não fui mais.Minha mãe parou de ir e eu parei também.Na época eu ia porque minha mãe ia.Mas continuei ajudando a igreja com a música, tocando nas missas, com o Padre Antonio Maria nos seus shows de evangelização do qual Maria me levou a isto ( conto no meu testemunho aqui no blog) e até parei de rezar a oração em línguas com frequência. Lembro que rezava algumas vezes quando ia trabalhar na creche e tinha algum problema mas era realmente bem pouco o que eu rezava. Mas quando voltei ao grupo de oração depois que o pânico apareceu 15 anos mais tarde deste ocorrido, voltei a orar em línguas com mais frequência  e percebi que  o dom que eu recebi continuava dentro de mim, esperando que eu o usasse de novo. Que lindo é as graças de Deus! Mesmo que a gente não usa, o que Deus nos dá Ele não retira jamais!


Mas o que é o dom de línguas? o que ele faz em nós? Porque não entendemos? porque assusta muitas pessoas? Estas e outras perguntas passaram muitas vezes em minha cabeça, em meu coração. Existem graças a Deus alguns livros que explicam sobre este dom e serei muito infiel e pouco fundamentada, se eu ficar aqui explicando detalhes de forma teológica ou qualquer outra situação parecida. Mas a igreja permite tal dom partindo da palavra que está na Bíblia: " Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos o que devemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis. E aquele que perscruta os corações sabe o que deseja o Espírito, o qual intercede pelos santos, segundo Deus."  Romanos 8,26-27.

Partindo desta palavra dou o meu testemunho de vida e oração: Este dom realmente é algo inexplicável aos nossos olhos e coração. Assim como outros mistérios de fé da igreja que não podemos explicar e só entenderemos no céu. Eu Nice acolhi este dom pela minha fé. E o uso sempre e vejo pelos frutos que é algo de Deus! Quais são os frutos? Primeiro a paz que ao rezar começa a ser derramada em nossa alma. Lembro que uma vez estava passando mal, com uma angústia na alma e comecei a rezar em línguas, rezei até passar o mal estar e passou mesmo...senti paz no resto do dia e da noite.  Na palavra diz que este som estranho é do próprio Espírito Santo que ora em nós e intercede por nós. Então enquanto eu estava angustiada, eu Nice que abri a boca e comecei a expressar este som de gemidos estranhos mas na fé e apoiada na palavra de Deus tive a certeza de que o Espírito Santo intercedia por mim. 

Pe. Jonas Abib

Este dom é dado a cada um individualmente do qual podemos rezar sozinhos e junto com outras pessoas que também rezam. O lugar mais comum é em grupos de orações da Renovação Carismática Católica, também em algumas igrejas evangélicas e algumas pessoas já devem ter ouvido pela TV Canção Nova e nas missas carismáticas. 
Como o som é estranho a princípio a igreja sempre pede cautela para rezar somente em lugares onde as pessoas já estão acostumadas com este dom.
Tome como exemplo a medicina onde médicos, enfermeiros já estão acostumados a ver coisas em cirurgias,consultas e só utilizam estes dons nestes lugares e que se nós víssemos o que eles vêem poderíamos achar estranho, e até passar mal...é mais ou menos assim. É claro que o dom não traz cenas difíceis como uma cirurgia...é só um exemplo de descrição pelo dom recebido e usar no ambiente certo!
Assim ficamos mais confortáveis em rezar à vontade e não escandalizar outros irmãos que nunca ouviram e talvez nem tenham interesse em saber o que é.
Somos livres nas nossas escolhas e formas de orações. Devemos respeitar isto!
Não se costuma por exemplo rezar a oração em línguas em missas nas paróquias no dia a dia e final de semana,mas quando você vai à uma missa carismática, muitas vezes acontece a oração em línguas presidida pelo próprio sacerdote que recebeu o dom. Naquele momento é normal para aqueles fiéis que buscaram este tipo de oração.
A missa é a oração por excelência e não substitui nenhum outro tipo de oração ou grupo de oração. Mesmo sendo carismáticos e recebermos dons carismáticos, devemos participar da missa normalmente e seguir o rito litúrgico de acordo com a nossa igreja e de acordo com o Sacerdote e a ordem que ele está inserido.


Outra certeza que tenho é que este dom não se explica, se experimenta! É como comida. Leio a receita, mas o gostoso mesmo é comer a comida....
Muitos leem este trecho Bíblico, até sacerdotes eu creio e já vi fazerem várias explicações teológicas, querendo entender, mas só se entende mesmo se você quiser passar pela experiência deste dom . E é um dom. Se você quer rezar assim precisa pedir ao Espírito Santo! Como pedir? é simples: abra a boca e ore: Espírito Santo dai-me a graça de orar em línguas. Dizem que é a língua dos anjos. Não sei como anjos rezam, mas a palavra é clara: É o Espírito que intercede por nós, reza em nós, então é a linguagem do Espírito Santo!
Se você aprende muitas línguas para se comunicar na terra com outros povos, esta é língua que você recebe para se comunicar diretamente com o céu, através do próprio Espírito Santo! A única coisa é que não entenderemos as frases, nem as concordâncias porque assim Deus o quer... é algo inexplicável, tem que usar pela fé e de coração!



Podemos também cantar em línguas e já ouvi cânticos lindos e sentimos uma unção fora do normal! é o céu na terra. E quanto ao uso dele: a qualquer momento, em casa,dirigindo, tomando banho, limpando a casa, ou em suas orações.
Ele também auxilia no dom de ciência, no dom da profecia, no dom do discernimento, no dom de cura, porque como é o Espírito Santo orando em nós, Ele mesmo vai auxiliando em tudo. Uma vez num retiro que participei, sobre dom de línguas, conforme íamos rezando os primeiros 10 minutos, a palavra de ciência proclamada era que o Espírito Santo estava retirando muita raiva de muitos corações então pediram que não parassem de rezar e quem quisesse poderia até rezar com o som de raiva junto. Estranho mas muita gente foi curada de muita raiva, ódio e mágoas como podemos dizer estar entalados na sua garganta a muito tempo! Um dom que nos traz muita cura interior.


Então para você que sofre com tantos medos, como o pânico, este dom pode te ajudar muito na luta contra a síndrome. Eu orei muitas, mas muitas vezes em línguas quando estava me sentindo mal. E muitas vezes fui acalmada, o mal estar passava durante a oração. Como eu sempre digo neste blog, aqui conto minha experiência de vida e de oração. Escrevo o que vivo, vivi e rezo. E rezo até hoje em línguas, na minha casa, sozinha, com meus filhos e esposo que já conhecem e oram comigo, no grupo de oração, junto com os irmãos da Canção Nova quando assisto algum retiro pela TV ou pessoalmente. 
Também rezo com voz bem baixinho na rua quando pressinto algo ruim, um peso estranho, ou um ambiente pesado, ou mesmo quando vou ao banco ou fazer compras para pedir proteção e segurança. Quando me pedem também para orar por outras pessoas, eu oro também em línguas e quando vejo que a pessoa não participa de grupo de oração eu pergunto à ela se posso orar em línguas e se ela permitir eu assim rezo. Sempre permitem porque no fundo da alma e nos momentos de aflições queremos experimentar algo novo que sacia a sua sede de Deus!
Sempre com descrição e respeito pelo irmão, faço acontecer o dom em minha vida!
Graças a Deus só me traz benção e paz! Os frutos são bons!
Se você quiser este dom peça ao Espírito Santo, leia também livros que falam deste dom e deixe-se experimentar por Deus em algo novo e sublime. Lembre-se: mesmo que você não entenda tudo o que Deus faz para nós, o que Ele faz é bom! Se é bom vamos usar...

VAMOS ORAR:

Senhor Jesus, nós Te Louvamos por Teu amor infinito por nós e por tantas graças e dons que o Senhor derrama aos seus. Senhor, te entregamos hoje nossa voz, e nossa língua para que o Espírito Santo se utilize e ore em nós com seus gemidos inefáveis, estranho aos nossos olhos e ouvidos, mas fontes de graças ao nosso coração, à nossa mente e à nossa alma. Dai-me a graça Senhor de orar em línguas, dai-me a graça de ser reavivado pelo teu Espírito Santo e através deste dom ser tocado pelo teu amor e pela tua paz.
Vem Espírito Santo! Vem orar em mim....



Nenhum comentário:

Postar um comentário